18 de abril de 2013 às 18:13

Valdir Bigode

Atualmente com 41 anos, o ex-atacante Valdir de Morais Filho, popularmente conhecido nos tempos de atleta como Valdir Bigode, sofre para conseguir emprego como treinador e critica o mercado fechado e restrito na área.

Valdir encerrou a carreira em 2005, nos Emirados Árabes. A partir de 2010 tentou se aventurar como técnico, em passagens rápidas por Campo Grande (2010), Itaboraí (2011) e São Pedro (2012), todos clubes do Rio de Janeiro.

Diz que agora tem tentado de tudo para conseguir outro clube: desde contato com agentes e empresários até conversa com dirigentes de clubes que conhece.

“Eu trabalhei em time sem salário, sem estrutura, mas pra aprender. Fiquei em sétimo em um campeonato de 30 times [com São Pedro]. Agora estou correndo atrás. Converso com pessoas dos clubes e peço oportunidades. O mercado é muito difícil. Sempre foi muito restrito e tem poucas oportunidades. Mas estou correndo atrás e esperando uma oportunidade”, falou.

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *