1 de dezembro de 2015 às 22:56

INICIO DO BAIANÃO DIA 31 DE JANEIRO 2016

loma 420lomantao 4200

ajuste cópia

Dois meses do início do maior campeonato estadual do Norte/Nordeste do país, Federação Bahiana de Futebol e clubes se reuniram, nesta terça-feira (1º), na sede da entidade. No local foi realizada a Reunião do Conselho Técnico (Arbitral) da Série A do Baianão 2016.

Na oportunidade, a diretoria da FBF e as 12 agremiações participantes da elite definiram os últimos detalhes e realizaram os ajustes necessários para que, mais uma vez, a competição seja um sucesso. Por exigência do estatuto do torcedor, a fórmula de disputa será a mesma utilizada em 2015 e, assim, o campeonato completará as duas edições consecutivas com um mesmo formato.

Assim como na edição 2015, o equilíbrio técnico e de distância de cidades foi observado na formação dos grupos para a primeira fase. Assim, Bahia e Vitória foram mantidos em chaves distintas.

Os 12 times foram então divididos em dois grupos. No Grupo 1 ficaram Vitória, Bahia de Feira, Colo Colo, Flamengo de Guanambí, Galícia e Juazeirense. No Grupo 2 estão Bahia, Feirense, Fluminense de Feira, Jacobina, Jacuipense e Vitória da Conquista.

As associações se enfrentarão no sistema grupo contra grupo, apenas em jogos de ida. Se classificarão para a 2ª fase, de quartas de final, os oito melhores colocados na classificação geral, com a junção dos dois grupos. Assim, um clube poderá ter mais classificados do que o outro, mas sempre obedecendo à regra das melhores campanhas.

Nas quartas, os oito classificados serão novamente divididos, nos Grupos 3, 4, 5 e 6, com duas equipes cada. O primeiro colocado da primeira fase enfrentará o 8º, o 2º duelará com o 7º, o 3º fará uma disputa contra o 6º e o 4º contra o 5º. Nesta faze, porém, os embates já acontecerão em sistema de jogos de ida e volta.

Os primeiros colocados de cada grupo formarão a semifinal do Baianão. O Grupo 7 terá o confronto do 1º do Grupo 3 x 1º do Grupo 5. No Grupo 8, a disputa será 1º do Grupo 4 x 1º do Grupo 6. Após jogos de ida e volta, serão conhecidos os finalistas. Diferente do que aconteceu em 2015, a ordem dos mandos de campo para a semifinal foi alterada através de votação ente os clubes. Por 45 pontos a 33, a vantagem dos dois resultados iguais e o direito de decidir a semifinal em casa será das equipes de melhor campanha no somatório das duas fases, a de classificação e as quartas de final.

12 clubes, desta vez por unanimidade, decidiram que não seguirão a recomendação da CBF, de o mesmo clube classificado para a Série D de 2016 ser automaticamente confirmado na Série D de 2017. Com isso, o 3º colocado do Baianão 2016 deverá escolher entre a Copa do Nordeste 2017 e a Série D do Brasileirão 2016.

Caso o terceiro colocado opte pela Copa do Nordeste 2017, o quarto colocado ficará com a vaga na Série D de 2016. Já se o terceiro colocado do Baianão optar pela vaga na Série D de 2016, o quarto colocado acumulará as vagas na Copa do Nordeste e Série D de 2017.

Duas vagas na Copa do Brasil foram mantidas para campeão e vice-campeão estadual. A terceira vaga ficará, mais uma vez, para a Copa Governador do Estado. Ainda há sistema de acesso para a Copa Governador, que será disputada pelas sete melhores colocadas da Série A do Baianão com a inclusão do campeão da Série B do Estadual.

Rebaixamento –O rebaixamento para a Série B do Baianão 2017 será disputado entre os quatro últimos colocados da fase de classificação. No sistema de jogos de ida e volta, com o 9º colocado enfrentando o 11º e o 10º colocado duelando com o 12º, os dois melhores colocados (9º e 10º) terão a vantagem de dois resultados iguais e o último jogo nos seus domínios.

O Baianão 2016 será iniciado no dia 31 de janeiro. Já o campeão baiano será conhecido no dia 8 de maio. Cada clube terá o período de 1º a 12 de dezembro, prazo final para fazer o recadastramento na CBF, para se inscrever no Baianão.

A Reunião do Conselho Técnico (Arbitral) foi comandada pela diretoria da FBF, representada por seu presidente, Ednaldo Rodrigues, o vice, Ricardo Lima, a diretora técnica, Taíse Galvão, e o assessor jurídico, Manfredo Lessa. Marcaram presença, ainda, o presidente da Ceaf-BA, Wilson Paim, o subdiretor administrativo e financeiro, Marcelo Araújo, e funcionários da entidade. Os clubes foram representados por seus 12 presidentes, além de diretores. Profissionais de imprensa também acompanharam o encontro.

*A tabela do Baianão 2015 será divulgada em breve pela FBF
c

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *